Equilíbrio hormonal, obesidade e emagrecimento. Fator β HCG.

29 maio Equilíbrio hormonal, obesidade e emagrecimento. Fator β HCG.

Já sabemos que a obesidade é um problema que leva a vários outros e que nosso organismo depende de uma série de hormônios para atingir um ótimo metabolismo, além da dieta e exercícios.

obesity diagram possible adverse effects 35158928
human chorionic gonadotropin hcg molecule 24914446
human chorionic gonadotropin hcg molecule

Por exemplo o desbalanço do Beta HCG pode resultar em obesidade e sua reposição pode fazer eliminar até meio kilo ao dia sem repercussões negativas na massa muscular.
Mas, o problema, até agora, era que nenhum médico poderia explicar como funcionava, e críticos alegaram que as restrições calóricas são responsáveis pela perda de peso e não pelo hormônio βHCG. Críticos da dieta também sustentaram que o peso perdido não pode ser mantido.

De acordo com o protocolo da Dra. Sheri L. Emma, que é suportado por vários estudos e ensaios clínicos, o último dos quais foi apresentado em out 2012 na reunião da American Society of Bariatric Physicians, e podem ser lidos em DrEmmasDiet.com. O método de dosagem é personalizado, e criou-se orientações específicas para os pacientes com base na idade e sexo. Ofertando-se dietas que variam de 500-1500 calorias, e a dieta deve ser escolhido com base no paciente e a sua história. Também há incentivos aos tipos adequados de exercício.

Então, a questão mais premente é: será que o βHCG trabalha para perda de peso? A resposta é sim, absolutamente. A questão mais difícil é: Como funciona o βHCG para perda de peso?

Aqui está a explicação, com base nas pesquisas da Dra. Sheri L. Emma:

O HCG muda a forma como você vai perder peso!
Com o HCG há a redução da sensação de fome. Isto permite-lhe comer muito menos e confortavelmente. Por quê? Acredita-se que a presença do HCG, ou GCH no sangue diminua o apetite e aumente o metabolismo.
HCG é um pró-hormônio que ajuda o corpo a produzir mais hormônios. Desde que a deficiência hormonal ou desequilíbrio é geralmente parte da razão ao ganho de peso, seja sua tireóide, ou a menopausa (ou andropausa), este hormônio oferece ajuda.

Ao elevar os níveis de hormônio no corpo, incluindo testosterona, o hormônio β HCG cria um estado anabólico (construção muscular), que neutraliza o estado catabólico (perda da massa muscular). Existem receptores hormonais nas fibras musculares que respondem ao aumento dos níveis de hormônio em pacientes que usam o hormônio HCG.

Por que isso importa? Durante uma perda rápida, drástica de kilos com dietas radicais, há uma quantidade elevada de músculo que é perdido. Porque o músculo é pesado, esta perda parece ser ótima na balança porque os kilos estão caindo rapidamente. Quando você perde músculo, é ruim para o seu corpo, forma e metabolismo. O metabolismo diminui tanto que a dieta recupera o peso rapidamente, muitas vezes recupera todo o peso que foi perdido.

O protocolo da Dra. Sheri L. Emma, no entanto, protege contra perda muscular. Na verdade, há mais de uma perda de gordura pura, o que provoca uma diminuição em polegadas e tamanho da roupa. O grande resultado é que pode-se tornar mais magra(o), num tamanho menor de vestuário, mas com mais músculo. Os músculo corretamente estimulados permitem um metabolismo mais forte e ajudam as pessoas a manterem a sua perda de peso logo após a sua dieta estar concluída.

Ref.:

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1365103/

http://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/weight-loss/expert-answers/hcg-diet/faq-20058164

www.doctoroz.com/article/new-hcg-diet

Sem Comentários

Deixe um Comentário