Problemas de saúde? Olhe para suas unhas!

20 dez Problemas de saúde? Olhe para suas unhas!

“Se os nossos olhos são as janelas para a alma, as unhas são as portas para os nossos corpos…” 

Mais do que apenas aborrecimentos, unhas quebradiças, estriadas, ou amareladas podem indicar deficiências nutricionais e problemas de saúde que vão desde anemia a doenças da tireóide e muito mais! :

 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Unhas quebradiças Causas:
-falta de umidade,
-deficiência de vitamina B biotina,
-ou ainda hiper ou hipotireoidismo
Soluções:
-Repor biotina,
-corrigir a alteração hormonal.
-Hidrata-las  com óleo de peixe.


 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Unhas em colher são um sinal de anemia por deficiência de ferro ou uma doença hepática conhecida como hemocromatose, em que seu corpo absorve o excesso de ferro do alimento que você come. unhas colher também pode estar associada com doenças do coração e hipotiroidismo.

 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Na foto, vemos nitidamente uma linha amarronzada, quase na borda da unha, indicando um grave acometimento renal. A base de queratina, as unhas das mãos e pés protegem a pele ultra-sensível no final de nossos dedos das mãos e pés, conhecido como o leito ungueal. Felizmente, você pode corrigir a maioria dos problemas de unhas com mudanças na dieta, vitaminas, suplementos, e de manutenção simples.

 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

buracos ou depressões pequenas -como nas unhas (unhas picada) são comuns em pessoas que têm psoríase, que é uma condição caracterizada por manchas escamosas na pele. Também pode estar relacionada com distúrbios do tecido conjuntivo, tais como o síndroma de Reiter, e alopecia areata – uma doença auto-imune que causa a perda de cabelo.

 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Aparência opaca com uma faixa escura na ponta da unha. Embora a condição possa ser apenas devido ao envelhecimento, também ocorre frequentemente em casos de: insuficiência hepática, cirrose hepática, insuficiência renal, diabetes mellitus, insuficiência cardíaca congestiva, hipertiroidismo.

 
 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Descolamento da ponta pode indicar tendência à psoríase Manchas brancas nas unhas não apontam tanto para deficiência de cálcio, ou zinco, mas a lesão, até a certos produtos para unhas, por exemplo endurecedores. A onicólise também pode indicar doenças da tireóide.

 
 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Manchas escuras podem indicar uma condição mais grave como melanoma.

 
 
 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Baqueteamento é caracterizado pelo alargamento das pontas dos dedos e as unhas curvam em torno dos dedos. É o resultado de uma diminuição nos níveis de oxigênio no sangue e pode ser um sinal de doença pulmonar, ou cardio-vascular e também tem sido associada com a doenças inflamatórias dos intestinos e doenças do fígado.

 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Linhas de Beau são recortes horizontais, que podem aparecer quando o crescimento sob a cutícula é interrompida por uma lesão ou doenças graves como a diabetes não controlada, doenças do aparelho circulatório, pneumonia ou outras doenças associadas com febre alta, ou desnutrição. Em casos raros, as linhas podem apontar para envenenamentos.

 
 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Unhas com marcas verticais como contas de cera que parecem escorrer para baixo, são associado com condições endócrinas, como diabetes mellitus, doenças da tireóide, doença de Addison, deficiência de vitamina B, alterações hormonais, ou stress.
No entanto, assim como com a nossa pele, esses “rugas nas unhas” são geralmente causadas pelo envelhecimento.

 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Problema: unhas amarelas Causas habituais:
Falta de vitamina E ou não ter dado tempo suficiente para suas unhas respirarem entre esmaltes, ou micose.
– Causas mais graves:
Síndrome das unhas amarelas são frequentemente um sinal de doenças respiratórias, como a bronquite crónica.
Síndrome das unhas amarelas também pode estar relacionado ao inchaço das mãos (linfedema).
Em casos raros, unhas amarelas podem indicar uma doença mais grave, como doença grave da tireóide, doenças pulmonares, diabetes ou psoríase.

 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Terapia com Suplementos:
Sempre indicados de acordo com a clínica e exames complementares e ainda corroborados pela bioressonância.
Aqui apenas alguns exemplos:
– Quercetina,
– Yellow Sun,
– vitaminas C, D3, K2, Biotina
– Ác. fólico,
– NAC- Extrato de semente de uva com zinco,
– enzimas digestivas
– BCAA, treonina
– Ômega 3 e TGCM,
– Lugol
– demais suplementos podem dar o apoio correto ao seu sistema digestivo, a depender da análise de cada caso.
Melhorar a digestão: betaína, glutamina.
– Minerais: Magnésio, Fósforo, Potássio, Silício, Zinco, Ferro e Cálcio quelatos.
– Tratar da candidíase, ou outros infectantes, se presentes.
Remoção de metais tóxicos, flúor, asbestos.
– Tratamento das disfunções hepática, renal, cardíaca, pulmonar, ou ainda pancreática. 

 

 

 <img src=”http://http://www.criesaude.com/imagem.gif” alt=”unhas” />unhas

Demais Tratamentos (Técnicas complementares):
Existem inúmeros relatos clínicos e dados científicos de melhora da evolução de quadros de alterações nas Unhas através da associação da homeopatia e acupuntura, devendo ser usadas somente sob a supervisão, e/ou consulta de um profissional de saúde qualificado.
Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo incluir o eletro-escaneamento, microscopia e a bioressonância, para termos certeza das melhores opções terapêuticas.
E também sem nos esquecermos dos fatores predisponentes, ou desencadeantes que levaram a este quadro clínico, o que pode requerer o acompanhamento de demais especialistas. 

 

Agende uma consulta!

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: 3889-0273/5549-7651 ou se preferir, mande um e-mail para clement.hajian@gmail.com

 
 
 
Sem Comentários

Deixe um Comentário